0

Let Me Google That for You

Posted by Sandréa Moraes on quarta-feira, março 31, 2010 in ,
Você é professor e quer mostrar a seus alunos como usou o Google para encontrar determinados resultados? Quer mostrar sua perícia em Google? Um amigo seu nunca ouviu falar em Google e você quer mostrar? - impossível esse último :-)

Então visite o LMGTFY - Let Me Google That for You / Deixe-me usar o Google por Você.

Vá ao site, digite o seu comando de pesquisa e tecle Enter. Ele irá gerar uma url para que você a copie e passe aos interessandos.

Quem visitar a url criada irá ver uma animação com sua pesquisa e em seguida o resultado. Legal para ensinar a utilização da ferramenta.

Na mesma página você tem a opção de gerar uma Tiny.url - para postar no Twitter, por exemplo - ou ir para os resultados de sua pesquisa.

Veja esta demonstração que fiz com uma pesquisa sobre Taxonomia.

|
1

Survey Monkey: questionário online

Posted by Sandréa Moraes on segunda-feira, março 29, 2010 in ,
Nós já havíamos falado aqui do EncuestaFacil um publicador de questionários online.

Hoje apresento o Survey Monkey.

Neste site é possível criar questionários que podem ser respondidos na web por seus clientes.
Existem várias opções de criação de perguntas (com bullets, com alternativas, caixas...) além da possibilidade de imprimir em pdf e compartilhar seus resultados com seus pares.

O mais legal é que com este tipo de ferramenta você pode tabular e planilhar os dados de forma prática e rápida já que o produto apresenta gráficos e estatísticas. Isso é bem diferente dos pools populares que apresentam resultados de uma pergunta por vez. O Survey Monkey é um instrumento de pesquisa robusto que pode ser aplicado num estudo de usuário, por exemplo.

A versão free não limita o número de questionários criados e estes não expiram, mas é limitado a 10 questões por pesquisa com 100 respostas.

Se você acha o SPSS complicado (software da IBM que realiza estatísticas profissionais), visite o Survey Monkey.

|
2

Google Prompt: pesquise sem sair do site

Posted by Sandréa Moraes on sexta-feira, março 19, 2010 in , ,

Já foi mostrado em nosso post sobre pesquisa avançada com o Google como refinar uma pesquisa.

Uma das dicas refere-se a refinar pesquisas dentro de um mesmo site/blog.
Basta, no Google, usar o código "site:" desta forma: [ Termo da pesquisa site:www.nomedosite.com] (ignore os colchetes).

Isso é muito útil, mas você tem que sair do site e ir para o buscador para efetuar a pesquisa.
Descobrimos uma forma ainda mais fácil.

Salve o código abaixo em seus favoritos como se fosse um link para algum site:

javascript:Qr=prompt('Search%20Site%20for','');if(Qr)location.href='http://www.google.com/search?&q=site:'+encodeURIComponent(window.location.hostname)+'+'+escape(Qr)

Se tiver dificuldade em fazê-lo de primeira, use este macete:

No IE - salve um link qualquer para usar como base e depois vá em "Organizar favoritos", clique com o botão direito sobre o tal link-base e escolha "Propriedades"; cole o código java em "Endereço". Ele vai pipocar uma mensagem dizendo que não encontrou o destino, dê ok e depois renomeie o link-base com o nome que quiser (Google Site, Google Prompt, Pesquisa Site etc.).

No Firefox - é o mesmo procedimento, usando um link-base e depois clicando em "Organizar Favoritos" e alterando-o, só que lá você cola o código diretamente em "Endereço".

Visite um blog, o meu por exemplo, e teste o link. Irá aparecer um prompt solicitando o termo da pesquisa. Pronto! Você nem precisa sair do site para pesquisar só nele.

|
0

Unesp lança coleção com livros acadêmicos em formato digital

Posted by Sandréa Moraes on segunda-feira, março 15, 2010 in ,

"A Universidade Estadual Paulista (Unesp) encontrou uma solução inovadora para oferecer acesso universal ao conhecimento produzido em sua pós-graduação: o Programa de Publicações Digitais, que lançou nesta quinta-feira (11/3) sua primeira coleção, com 44 títulos inéditos.

O programa, decorrente de uma parceria entre a Fundação Editora Unesp (FEU) e a Pró-Reitoria de Pós-Graduação (PROPG) da universidade, publica em formato digital livros exclusivamente produzidos para esse fim, com foco nas áreas de ciências humanas, ciências sociais e aplicadas e linguística, letras e artes.

De acordo com o assessor da PROPG, Cláudio José de França e Silva, os títulos iniciais foram selecionados pelos Conselhos de Programas de Pós-Graduação da universidade.

'No mesmo momento em que estamos lançando esses títulos, publicamos a chamada para a edição 2010 do programa, que editará mais 58 livros. O objetivo do programa, lançado em 2009, é editar 600 livros digitais em dez anos', disse França e Silva à Agência FAPESP."

Visitei a coleção e vi que existem ao menos duas obras de interesse bibliotecário:

Infelizmente o download não estava funcionando no momento em que tentei baixar, no entanto se vocês quiserem tentar... Visitem: Cultura Acadêmica

Fonte: Inovação Tecnológica

|
2

Dia do Bibliotecário

Posted by Sandréa Moraes on sexta-feira, março 12, 2010 in
Eu quero ter uma folga hoje...
Viva a nóis ;-)

|
0

Um bravo novo mundo de E-books

Posted by Sandréa Moraes on quinta-feira, março 11, 2010 in , ,

A reportagem de capa da revista Época Negócios deste mês (n.37) fala dos e-books e da (r)evolução da leitura e do mercado livreiro.

Em quase 30 páginas ela detalha os novos suportes de leitura, o mercado e o novo comportamento do leitor.
Segundo eles, "a venda de livros eletrônicos, conhecidos como e-books, (sic) prospera. Tome-se, novamente, o exemplo da Amazon. No fim de 2009, pela primeira vez, a empresa vendeu mais títulos em bits do que em átomos. “Foi um feito notável”, comemorou, então, Jeff Bezos. Segundo Edward McCoyd, diretor de políticas digitais da Associação Americana de Editores (AAP, na sigla em inglês), a venda de livros digitais somava US$ 20 milhões em 2003. Alcançou quase US$ 350 milhões no ano passado. “Acreditamos que a publicidade em torno do lançamento das três versões do Kindle tenha sido o principal fator para esse crescimento”, diz. Hoje, acrescenta McCoyd, os e-books ainda representam uma fatia pequena do mercado americano de livros, que movimenta US$ 24 bilhões por ano. Abrange entre 1% e 2% do total. Mas suas vendas avançam a uma taxa de três dígitos ao ano. "

Destaque também para os inforgráficos super bem feitos, como o abaixo (clique para ampliar), que mostra o fluxo contemporâneo da publicação de livros.
Leitura imperdível.
Já nas bancas.




|
0

TypeHi: chat com o estrangeiro mais próximo de você

Posted by Sandréa Moraes on quinta-feira, março 11, 2010 in ,

Nunca fui muito fan de chats. No entanto, este tem uma proposta diferente.
O TypeHi se propõe conectá-lo com o estrangeiro mais próximo de você.

Ele força conexões internacionais. O site inclui um mapa para visualização dos internautas online.
Eu mesma testei e funciona bem. O indiano com quem falei foi muito simpático e mandou um abraço para nós, brasileiros.

Site ideal para ser disponibilizado em bibliotecas de cursos de idiomas, ou para quem quiser se conectar com estrangeiros.

|
1

Books Should be Free: audiobooks grátis

Posted by Sandréa Moraes on terça-feira, março 09, 2010 in , ,

Tá lendo bem em inglês? E ouvindo?
Aqui vai um site para baixar vários audiobooks grátis.
Legal pra quem quiser aprimorar seu inglês.
A qualidade dos livros é ótima!
Sugestão: comece por um livro que você já leu em portuguës...

Visite: Books Should be Free

|
0

Puniz: baixe músicas grátis legalmente

Posted by Sandréa Moraes on terça-feira, março 09, 2010 in ,

O site Puniz afirma que possui mais de 500 milhões de audio tracks gratuitos em seu acervo.

O que é mais interessante nele é que o acervo dele é, como poderia dizer, mutante, virtual, dinâmico.
Eles não guardam as músicas em seus servidores. Na verdade, eles arrolam sites que disponibilizam músicas legalmente e como um engine mashup, apresentam as músicas como resultado.

Assim, quando alguém faz uma pesquisa, se algum dos sites arrolados estiver disponibilizando o áudio pesquisado no dia, a música estará disponível para download gratuito.
Isso quer dizer que uma canção poderá estar disponível num dia e ter desaparecido no outro, mas no dia em que você a baixou, tenha a certeza de que o fez legalmente (ao menos é o que eles dizem...).

Nas buscas que fiz os resultados foram bastante satisfatórios.
Poderíamos ter algo semelhante com livros. O que acham?

|
0

Microsoft's Courier tablet : e-book e jornal digital

Posted by Sandréa Moraes on segunda-feira, março 08, 2010 in ,
Uau! A Microsoft aponta seu novo protótipo: um e-book/notebook/jornal.
O Courier Tablet será superportátil e terá uma interface incrivelmente interativa.
Esta ferramenta parece ter sua maior utilidade para publicitários e designers.
No entanto, nós bibliotecários, devemos estar atentos ao advento de novas plataformas de informação.
E, cá entre nós, se for assim, bonitinho mesmo, eu vou querer um...


|
0

Você é o escritor!

Posted by Sandréa Moraes on segunda-feira, março 08, 2010 in ,

"O Projeto Você é o Escritor! é um iniciativa da Fundação Palavra Mágica, com o objetivo de estimular a leitura, a reflexão e a escrita. Um mesmo livro é distribuído gratuitamente para toda a cidade. Os moradores são estimulados a ler, pensar sobre o tema proposto pelo livro e, então, a escrever cada um seu próprio final para a história. Assim, todos podem ser co-autores da obra.

Para participar, basta mandar um texto com até 4 mil caracteres. E, depois, aguardar um e-mail da Fundação Palavra Mágica para visualizar no site como o livro ficou. O livro – com o nome do co-autor na capa e o capítulo que escreveu – pode ser baixado gratuitamente e impresso em qualquer impressora. Quem quiser receber o livro produzido no padrão do mercado editorial, pode adquirir, a preço de custo, de um dos parceiros do Projeto."



|
0

Google + Embratur + Youtube = Turismo Mashup

Posted by Sandréa Moraes on quinta-feira, março 04, 2010 in ,

Numa parceria inédita no mundo, a Embratur e o Google vão promover o turismo no Brasil através do Youtube.
O Google desenvolveu uma tecnologia mashup que integra vídeos e mapas no mesmo canal.

O Visit Brasil, hospedado no Youtube, conta com a íntegra de vídeos de diversos destinos turísticos brasileiros com a navegação simultânea de mapas, incluindo legendas em 68 idiomas.

Essa é uma fonte de referência e tanto para sua biblioteca.

Leia mais em: Discovery.

|
0

BiblioPage Poliglota

Posted by Sandréa Moraes on terça-feira, março 02, 2010 in ,
Notaram o widget "Tradutor" ao lado?
Ele permite que este blog seja traduzido em 8 idiomas (chinês, francês, alemão, italiano, japonês, inglês, russo e espanhol) via Google.
Ainda não é perfeito, mas pelo que li nos resultados, a tradução parece bastante aceitável.
Em tempos de globalização, publicar em outros idiomas é fundamental.
Se vocês quiserem incluir esta ferramenta em seu blog, visitem: Dicas Blogger.
Aproveito para deixar meu agradecimento ao site. Valeu!

|
0

Berokyo: estante virtual de ícones

Posted by Sandréa Moraes on terça-feira, março 02, 2010 in ,

Pra você que adora prateleiras e estantes, o Berokyo é fofo!

É uma maneira diferente de organizar sua área de trabalho: ele cria uma prateleira para agrupar os ícones. Os atalhos ficam sobrepostos nas tábuas virtuais que podem ser personalizadas com diversas texturas, tamanhos e perspectivas.

O software permite que os ícones sejam agregados segundo o tipo ou assunto, determinando áreas da prateleira para cada categoria.

Inclui uma ferramenta de adição automática de programas que facilita a primeira utilização.

É um ótimo programa para acessar com velocidade diversos outros programas, além de dar uma "cara" de biblioteca a seu computador.


|
0

Biblioteca Britânica lança arquivo virtual de websites extintos

Posted by Sandréa Moraes on terça-feira, março 02, 2010 in , , ,

Repassando.
O projeto pretende preservar e manter acesso a páginas do Reino Unido incluindo as que já sairam do ar. Como a caducidade de links é um dos maiores problemas da internet, podemos dizer que este projeto é um dos primeiros a criar uma bibliografia corrente e também reptrospectiva, grosseiramente falando; além de aplicar a Lei do Depósito Legal à internet.

"A Biblioteca Britânica acaba de lançar o site do projeto UK Web Archive (Arquivo Web do Reino Unido, em tradução literal), que reúne imagens de telas de sites coletadas desde 2004. “Existem milhões de sites no Reino Unido. Eles estão constantemente se transformando e chegam até a desaparecer. Muitas vezes, contêm informações que estão disponíveis somente online. Com o objetivo de dar uma resposta a um possível ‘buraco negro digital’, o UK Web Archive surge para salvaguardar o máximo de sites possível. Sua proposta é coletar, preservar e garantir acesso permanente a sites importantes do Reino Unido para as próximas gerações”, diz o texto de apresentação do projeto, disponível online.
(...)
O projeto explica, ainda em seu site, que obter essa autorização é um processo custoso e difícil, pois muitos não respondem ao pedido. Por isso está tentando obter, junto ao governo, a autorização para capturar automaticamente todos os sites que estejam no domínio do Reino Unido. A Biblioteca Britânica e outras do mesmo gênero têm esse direito garantido pelo Legal Deposit Libraries Act, de 2003, porém, elas ainda precisam que a lei entre em vigor para prosseguirem com o trabalho."

Fonte: JW

|
1

Blogs e Redes Sociais: bibliografia sobre o fenômeno

Posted by Sandréa Moraes on segunda-feira, março 01, 2010 in , ,

O termo blog é descendente de weblog.
Weblog foi inventado por Jorn Barger e utilizado pela primeira vez no dia 17 de Dezembro de 1997. A palavra resulta da abreviatura das palavras inglesas web (rede) e log (diário de bordo onde os navegadores registavam os pormenores das viagens que realizavam). A sua abreviatura blog surgiu fruto de uma brincadeira de Peter Merholz que separou a frase e escreveu no seu weblog, em Abril de 1999, we blog”. Rapidamente um weblog passou a ser conhecido simplesmente como blog.

A blogsfera, ou seja, o conjunto de blogs na web, concretizou uma mudança profunda na comunicação ao transformar o cidadão comum em produtor de informações. Os blogs criaram
uma via de mão dupla que permite ao receptor interagir com o emissor, estejam onde estiverem.
A evolução significativa (da comunicação) reside no fato de que, sem conhecimento avançado, pessoas comuns tornam-se criadoras de obras, que ficam disponíveis a qualquer internauta. Tudo isso sem custos ou mediação.

Ao falar em blogs é importante esclarecer outro conceito intimamente relacionado com estes, a intitulada Web 2.0 ou também conhecida como web-social (rede-social). Este conceito pretende designar a revolução existente que procura usar a Internet como uma plataforma que tira partido do conhecimento coletivo e através dele vai se construindo e aperfeiçoando.

Navegando por aí, encontrei estas duas listas superinteressantes sobre o fenômeno dos Blogs e Redes Sociais no Brasil. Aproveitem para ler e ampliar seus conhecimentos nestas áreas:


Fontes: Gonçalo Rodrigues e Ponto Media.

|

Copyright © 2009 Sandrea's BiblioPage All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.